Header image alt text


A nossa Escola de Andebol está em grande!

No último domingo, a nossa equipa de iniciados carimbou o passaporte que a leva à Fase Final de andebol a realizar nos próximos dias entre 4 e 7 de junho na Maia. Já antes a nossa equipa de infantis, tinha garantido o apuramento para o Encontro nacional, que se realizará de 18 a 21 de junho em Leiria.

Também os nossos minis vão participar no seu Encontro Nacional, em Avanca, de 2  a 5 de julho. Nestes três escalões de formação estamos envolvidos nas competições ao mais alto nível em termos nacionais, repetindo a proeza do ano passado. São poucos os clubes que, no plano nacional, conseguem chegar a este nível.

À nossa escola de Andebol, ao Departamento do Andebol, à equipa coordenadora e a todos os envolvidos, sejam dirigentes, técnicos, atletas ou familiares os nossos parabéns. Estamos a trabalhar bem e exorto-vos a assim continuarem. Os nossos jovens atletas bem o merecem.

No escalão de iniciados, depois de uma época recheada de sucessos, garantimos a participação na Fase de Apuramento na qual, das três equipas envolvidas, apenas uma seguia em frente. Nesta Fase tivemos como adversários o Sporting da Horta, e o Batalha Andebol Clube que jogava em casa. O Sporting da Horta revelou-se a equipa mais fraca, tendo perdido os dois jogos que disputou, por margens bem significativas. O último jogo com o Batalha, era decisivo e pelo historial recente, adivinhava-se um jogo muito equilibrado.

Num jogo muito disputado, mas muito correto, o marcador foi evoluindo sem que alguma equipa ganhasse qualquer vantagem confortável. No entanto, apesar do ambiente de fortíssimo apoio à equipa da casa, praticamente comandámos sempre o marcador e no final, o resultado de 32-30, premiava a equipa mais consistente e com um jogo coletivo bem mais vincado.

Torna ainda o feito mais notável, ter sido o segundo ano consecutivo a conseguir tal proeza. Quando alguns vaticinavam o definhamento da equipa porque no ano passado tinham saído vários jogadores para clubes de Lisboa e mudado o próprio treinador.

Ao invés do que alguns receavam, esta mudança terá facilitado muito estes magníficos resultados, já que se criaram novas dinâmicas, foi dada mais atenção à evolução de cada jogador e contrariamente ao ano anterior, a equipa participou em campeonatos de juvenis onde encontrou forte oposição, que raramente encontrou no escalão de iniciados, tendo resultado numa nítida melhoria do seu desempenho, tanto coletivo como individual.

Agora na Fase Final vamos encontrar os grandes clubes nacionais. Os nossos vizinhos de Lisboa, Benfica e Sporting e três equipas da região do Porto, o Água Santas, o Colégio Carvalhos e o FCPorto.

Aí tudo pode acontecer. Sabemos que não somos os favoritos, mas vamos para dentro do campo sem quaisquer complexos. Apesar da generalidade dos nossos adversários constituírem autênticas seleções regionais e nós dispormos apenas de jogadores que formámos, os nossos adversários vão ter que provar que são melhores que nós.

Também o feito dos nossos infantis foi notável. Também iniciámos o ano com uma nova equipa técnica e com jogadores que no passado raramente jogavam. A maioria daqueles, em que o anterior treinador apostava e colocava a jogar com regularidade, também tinham abandonado, acompanhando a saída desse treinador.

Apesar disso, mercê de um trabalho de excelente qualidade técnica e pedagógica de uma entrega e grande entusiasmo e confiança por parte dos jogadores e de um clima envolvente de grande apoio, a equipa soube ultrapassar os obstáculos e conseguiu o apuramento para o Encontro Nacional com grande mérito, deixando para trás equipas que à partida apresentavam mais credenciais.

Também os nossos minis estão muito motivados e entusiasmados por participarem no Encontro Nacional. Ao longo do ano, a equipa revelou-se muito coesa e motivada, encontrando soluções inovadoras para as dificuldades com que ia deparando. Não sendo produto de um apuramento, mas sim de uma inscrição, esta participação no grande fórum nacional do andebol para estas idades é um prémio inteiramente merecido.