Campeonato do Mundo por Grupos de Idades – Baku 2021


Nos dias 22 a 28 de novembro decorreu em Baku no Azerbaijão a 28ª edição do Campeonato do Mundo por Idades. O CCRAM fez-se representar por uma comitiva de 5 elementos, a maior já alguma vez encontrada nos pergaminhos do clube.

Trata-se da maior competição por grupos e idades organizada pela Federação Internacional de Ginástica. Decorre sempre na semana seguinte ao Mundial de Absolutos e geralmente é o local onde encontramos os “campeões” olímpicos do futuro.

Este acontecimento tem uma enorme importância na evolução dos jovens ginastas porque é o único local do mundo onde constatamos a realidade da ginástica de trampolins ao nível planetário e o que se vai fazendo nos outros países, como Estados Unidos, Rússia, Japão, China, ou até Austrália. Sem dúvida um momento especial de
observação e aprendizagem.

Esta atividade é suportada na integra pelas famílias dos ginastas que financiam a maioria das despesas de participação, deslocação, alimentação, estadia e equipamentos. Neste caso são as famílias dos ginastas os verdadeiros sponsors e patrocinadores do futuro da nossa ginástica, embora todos venham a beneficiar com este investimento particular. Este ano o CCRAM contribuiu com um apoio de 250€.

Circunstâncias à parte, segue o resumo da nossa participação:
·       Matilde Nobre 15-16 anos – TRS (13º lugar); DMT (11ºlugar)
·       Alice Nobre +17 – TRI (27º lugar na especialidade olímpica)
·       Sofia Lourinho +17 – DMT (20º lugar)
·       Pedro Marques +17 – DMT (15º lugar)
·       Treinador – Carlos Nobre

Podemos declarar que foi uma participação imaculada, sem falhas, onde todos cumpriram o seu programa competitivo, como estabelecido antecipadamente. A pressão foi altíssima e a ansiedade no máximo. No entanto, todos conseguiram ultrapassar esta condicionante e realizaram as suas rotinas habituais. O treinador Paulo Bandurra, afirma ter ficado impressionado pelo nível de eficácia destes jovens, alguns tiveram a sua primeira experiência em grandes palcos. Nem sempre é possível gerir níveis de pressão e tensão tão elevados. É caso para se dizer que sendo constituídos por “Nobre“ povo, foram “Valentes” e uns verdadeiros “Heróis do Mar”. Há que descansar, recuperar e voltar ao trabalho. Só assim será possível alcançar o céu.