Header image alt text


Dia Mundial do Teatro | 27 Março

Onde existe uma sociedade humana, existe um desejo irreprimível de representar.

Sob as árvores em pequenas aldeias, ou em salas repletas de tecnologia das nossas  metrópoles globais, nas escolas, nos campos ou em templos, em bairros degradados, em praças, centros comunitários ou caves, as pessoas juntam-se para partilhar os mundos efémeros do teatro que criamos para expressar em carne, respiração e voz, a complexidade humana, ou a sua diversidade ou vulnerabilidade.

Juntamo-nos para chorar, lembrar, rir e contemplar, para aprender, anunciar ou imaginar. Para nos maravilharmos com a capacidade técnica e encarnar deuses. Para nos deslumbrarmos com a nossa capacidade de criar o belo, a compaixão ou a monstruosidade. Vamos para nos enchermos de energia e ganharmos poder. Para celebrar a riqueza das várias culturas e dissolver as fronteiras que nos separam.

Onde existe uma sociedade humana, existe um desejo irreprimível de representar.

Nascido na comunidade, ele veste as máscaras das nossas diferentes tradições. Ele toma conta da nossa linguagem, ritmo e gestos e abre uma clareira no nosso nevoeiro.

E nós, os artistas que trabalhamos com esse desejo antigo, sentimo-nos compelidos a canaliza-lo através dos nossos corações, ideias e corpos para revelar as nossas realidades em todo a sua materialidade e misterioso esplendor. (…)”

(Excerto da Mensagem de Brett Baily para o Dia Mundial do Teatro 2014)

 

 

Teatro No CCRAM

Dia 25 de Abril vá ao teatro e assista ao mais recente  trabalho do

Grupo de Teatro Almagesto…

“Aonde vais Liberdade?”