Header image alt text


Entrevista | João Salvado conquistou 4º lugar no 3º Campeonato do Mediterrâneo, na Tunísia!

 

O nosso ginasta de Aeróbica Desportiva, João Salvado, e a treinadora Raquel Eusébio participaram no 3º Campeonato do Mediterrâneo, que decorreu entre 19 e 23 de setembro na Tunísia. Esta dupla tem sido fantástica ao longo dos anos e os resultados têm comprovado isso mesmo!

No total de 19 ginastas oriundos de 7 países do escalão júnior, o João Salvado alcançou o 2º lugar nas provas qualificativas e o 4º lugar nas provas finais.

Este foi um campeonato de muito valor, uma vez que a Federação Portuguesa de Ginástica convocou o João Salvado para participar nesta que foi a última competição júnior do atleta.

A comitiva portuguesa foi composta por ginastas e treinadores de Ginástica Aeróbica, Ginástica Artística Feminina e Ginástica Artística Masculina. O João e a treinadora Raquel estiveram sempre acompanhados pelo treinador nacional, Rui Cardoso.

 

CCRAM: Como foi preparar o João para este 3º Campeonato do Mediterrâneo?

Raquel Eusébio: Não houve uma preparação exaustiva para esta prova, até porque esta participação do João foi o resultado de vários campeonatos com a mesma coreografia. Foi apenas necessário melhorar alguns movimentos e fazer alguns ajustes. Esta foi uma prova diferente, não houve grande rigor nos treinos até porque estivemos de férias inclusivamente, mas sendo uma coreografia que já está feita há cerca de 2 anos, acabou por não haver uma preparação específica.

 

CCRAM – João, a tua classificação neste campeonato esteve dentro das tuas expectativas?

João Salvado – De um modo geral senti-me satisfeito pelo resultado. O meu grande objetivo era ir ao pódio e conseguir alcançar a pontuação de 20. Por um lado senti-me muito bem porque nas provas qualificativas acabei em 2º lugar, cheguei ao 20 e consegui cumprir os meus dois objetivos. Por outro lado, nas provas finais tinha um pouco mais de pressão, não consegui fazer o suficiente para o pódio nem para o 20.

RE – O problema principal foi o João ter falhado num elemento único de toda a coreografia, que foi o suficiente para não conseguir o pódio. Não foi a melhor prestação do João, mas mesmo assim foi muito boa.

 

CCRAM – Esta foi a última prova do João no escalão júnior, qual é o próximo passo?

RE – Agora sim, vamos ter muito trabalho pela frente! A passagem do João para o escalão Sénior requer muitos mais requisitos: as diferenças do escalão júnior para sénior são poucas, mas as que existem requerem realmente muito trabalho, esforço e dedicação para as executar. Esta passagem permite ainda que o João possa apresentar-se em campeonatos com outros ginastas da seleção nacional e fazer treinos com o Rui Cardoso, treinador nacional, estamos a aguardar a 1ª convocatória para saber se o João vai fazer parte da seleção nacional.

 

CCRAM – João, há quantos anos praticas aeróbica e como consegues conciliar com os estudos?

JS – Pratico esta modalidade dá cerca de 5 anos e meio e desde o início que pertenço ao CCR Alto do Moinho. Conciliar com os estudos tem sido fácil embora treine 6h30 por semana. Sei que os treinos desta época que se inicia vão ser muito mais puxados e vão aumentar a carga horária mas sinto-me preparado para conseguir conciliar com a escola.

RE – Neste momento estamos numa fase muito inicial de preparação física, mas com a subida de escalão o João vai ter que treinar uma média de 12/15h semanais, principalmente na fase de preparação da nova coreografia.

 

CCRAM – João, conta-nos uma peripécia que tenha acontecido na Tunísia

João – Por acaso aconteceu algo muito engraçado. Nós soubemos que as provas finais iriam passar numa estação televisiva da Tunísia, em diferido, o que eu não contava era que me reconhecessem na rua (risos)! As provas passaram na televisão no sábado à noite e nós fomos passear pela zona turística (Medina de Túnis) e numa das loja fui reconhecido por um senhor, que inclusive lembrava-se do meu nome e chamou “João!”. Foi muito engraçado e uma excelente forma de terminar a viagem.

O CCR Alto do Moinho tem muito orgulho no João, que tem demonstrado ser um ginasta exemplar ao longo dos anos, não só pelo sucesso alcançado como também pela sua dedicação ao Alto do Moinho.

Obrigado João e treinadora Raquel, pelo vosso contributo diário ao nosso clube e por esta breve entrevista! Boa sorte para esta época 2018/19.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *