Header image alt text


90 Minutos de Abril foi um sucesso no palco do Fórum Cultural do Seixal

O espetáculo 90 minutos de Abril, que apresentámos no passado dia 15, sexta feira, no Fórum Cultural do Seixal, o ex-libris em termos de sala de espetáculos do Concelho, deu nas vistas e impressionou todos os que tiveram o privilégio de o saborear. 

O 25 de abril e os acontecimentos que o rodearam foram retratados com muito rigor e de uma forma bem bonita e talentosa. Com a particularidade do espetáculo ter sido protagonizado por pessoas, que na sua esmagadora maioria, não retém qualquer memória pessoal (porque não os viveu) desses tempos tão exaltantes e únicos, na minha opinião, os mais belos que Portugal e os portugueses já viveram nestes quase 900 anos de história.

Foi bem notório durante e após o espetáculo o entusiasmo de quem o viu. Os insistentes aplausos das centenas de espetadores presentes são bem reveladores. 

 

Também no final os elogios e os parabéns foram unânimes e os testemunhos dos responsáveis autárquicos e dos dirigentes associativos presentes foram bem elucidativos. Convicto que o autor não se importará  e a título de exemplo, reproduzimos o testemunho que no final do espetáculo o senhor Vereador da Cultura da Câmara Municipal do Seixal, sr Jorge Gonçalves, nos deixou (as palavras não terão sido exatamente estas mas o sentido sim): “Já me tinham dito que iria ver um espetáculo de muita qualidade, mas o acabei de ver aqui, excedeu todas as expetativas.”

São estes testemunhos que nos enchem de orgulho. Só uma grande equipa, (que também foi uma equipa grande o que ainda torna as coisas mais complexas) é capaz de fazer coisas com estas.

É sintomático que, até há cerca de três anos, o Fórum Cultural do Seixal, nos estava praticamente inacessível. De então para cá, as portas abriram-se em várias ocasiões e em atividades diversificadas, como a dança, a música e o teatro. Com desempenhos destes, estamos seguros que para nós, as portas da Sala de Visitas do Concelho,  vão continuar escancaradas!

Muito obrigado a todos os que colaboraram. Todo o CCRAM sente um carinho muito especial por vocês! 

Fica um excerto do último texto do espetáculo: “…E crente nas razões do povo, na sua justiça, na sua dor, estará a plantar, sem o saber, a mais doce força da saudade, e o mais intenso poema de AMOR”.