Header image alt text


Festas de Corroios aos ritmos do CCRAM

E mais uma vez, o Palco Liberdade, instalado no recinto das Festas Populares de Corroios, que decorreram no Parque Urbano da Quinta da Marialva, foi o eleito pela Junta de Freguesia de Corroios, para receber, nos dias 29 e 30 de agosto, algumas das estrelas das atividades culturais e desportivas do CCRAM.

Ambos os espetáculos foram organizados e apresentados pela técnica de arte musical Ana Cristina Videira, responsável pelos 3 projetos que constituíram a mostra retrospetiva das atividades musicais desenvolvidas no passado ano letivo.

No dia 29, brilharam os elementos da classe TALENTOS SEM FRONTEIRAS, constituída por crianças e jovens que dão voz aos poemas da autora e da sua filha, Joana Videira e que representam o CCRAM em palcos nacionais e Portugal, em certames internacionais. Como convidados especiais neste evento tivemos o prazer de rever a pequena MARIA PASSARINHO, vencedora de vários festivais nacionais da canção infantil no ano anterior, bem como o jovem HUGO GARRIDO, um dos protagonistas do programa televisivo “A tua cara não me é estranha kids”, assumindo honras de destaque a fantástica atuação das bailarinas das classes de dança lideradas pela Prof.ª Virgínia Gonçalves – Dança Mix, Corpus, Sibilas e Ritmus -, que nos presentearam com excertos do seu mais recente espetáculo, “Alice no país das maravilhas”, seguido das belas SEVILHANAS, lideradas pela Prof.ª Inês Freitas, às quais foi confiado o encerramento do espetáculo.

No dia 30, foi a vez do GRUPO DE ARTE MUSICAL AS CORES subir ao palco com as suas 3 classes – Mini Cores, Infanto-juvenil e Juvenil -, dando a conhecer a todo o público presente alguns temas das mesmas autoras, reunidos no seu CD “Laços de en(cantar)”, cujas coreografias e excertos do seu mais recente projeto musical, “No mundo encantado dos dentinhos saudáveis”, dedicado à saúde oral, são da responsabilidade da Joana Gomes. O encerramento dos ritmos do CCRAM esteve a cargo da recém constituída boys band D’YOUNGERS, com influências hip-hop, pop, rap e R&B, cujos intérpretes são simultaneamente autores da quase totalidade dos temas apresentados e que foram entusiasticamente aplaudidos e acompanhados pelo público, especialmente na interpretação do tema “Let-s go (make show), que bisaram para finalizar o espetáculo.

 

MARodrigues