Header image alt text


“PORTUGAL” no Estoril

 
E mais uma vez, a jovem MARIANA DIAS voltou a brilhar, desta feita no Estoril, com prémio de Vencedora Absoluta do escalão Juvenil.

 

Em representação do C. C. R. ALTO DO MOINHO e acompanhadas pela sua claque (autoras, ensaiadora, familiares e amigos, incluindo a Dr.ª Filomena Costa, responsável pela área cultural do CCRAM, que fez questão de estar presente), 5 das alunas que integram o GRUPO DE ARTE MUSICAL AS CORES (1 da classe infanto-juvenil e as restantes 4 da juvenil), da responsabilidade de ANA CRISTINA VIDEIRA, no passado domingo, dia 8 de dezembro, rumaram ao Auditório do Casino Estoril, a fim de participarem na XXI edição do FESTIVAL INFANTO-JUVENIL DA COSTA DO ESTORIL CLAVE DE PRATA.

 

Em alinhamento com o Coral Infantil e Juvenil de Carcavelos, entidade responsável pela organização deste evento, a nossa grande MARIANA DIAS, recém chegada da Rússia, onde conquistou o 2.º lugar (Concurso Internacional da Canção KATYUSHA), foi a vencedora absoluta da MELHOR CANÇÃO JUVENIL, através da excelente interpretação do tema PORTUGAL, da autoria da jovem JOANA VIDEIRA (letra) e JORGE MIGUEL (música), igualmente premiados no evento.

E o prémio de MELHOR LETRA DA CANÇÃO INFANTIL, interpretada pela voz da pequena MARIA PASSARINHO, a quem foi atribuído o prémio de MELHOR INTERPRETAÇÃO INFANTIL, foi igualmente vencido pela JOANA VIDEIRA, em coautoria com a sua mãe, ANA CRISTINA VIDEIRA, com o tema DÁ-ME A MÃO.

E apesar de, desta vez, não terem recebido qualquer prémio, destacam-se igualmente as restantes participações das alunas d’AS CORES, cujas interpretações merecem uma menção honrosa pelo desempenho vocal e visual que protagonizaram perante todo o público presente: no escalão infantil, a JOANA OLIVEIRA, na interpretação do tema MUDAR O MUNDO e o dueto constituido pela MARTA TORRES & BEATRIZ RODRIGUES, que deram vozes ao tema MÃE e, no escalão juvenil, a INÊS CONCEIÇÃO, com o tema AS CORES DO TEU OLHAR, todos assinados pela ANA CRISTINA VIDEIRA (letra) e pelos compositores JORGE MIGUEL e MANUEL MIGUEL.

Um destaque muito especial para a JOANA (KOA) VIDEIRA, elemento das JOTAS que,  à semelhança do que aconteceu em Portimão (no Festival Infantil e Juvenil Chaminé D’Ouro), CHEGOU, VIU E VENCEU, confirmando-se, uma vez mais, o popular provérbio português que FILHA DE PEIXE SABE NADAR…

PARABÉNS ÀS GRANDES VENCEDORAS.

MARodrigues